Todo aquário é pequeno

Ir em baixo

Todo aquário é pequeno

Mensagem  Admin em Seg Ago 13, 2012 6:02 pm



Como pauta dos meus artigos escolhi a polêmica. É na controvérsia que se aprende, a unanimidade estagna a busca pelo conhecimento.

E todos nós descobrimos mais prazer neste hobby quando adotamos práticas de experimentação. Não tem nada que mais desperte a vontade do aquarista que a novidade. E essa novidade pode ser tanto no aparecimento de um novo produto ou uma nova técnica quanto em um novo evento no comportamento dos habitantes do nosso aquário.

É incrível o nosso comportamento nesses casos, na maioria das vezes abandonamos de imediato as regras tradicionais para mergulharmos de cabeça em uma nova experiência, pois somos verdadeiros

cientistas, com ou sem diploma!

O sucesso do aquarista é que irá regular a quantidade de frustração e prazer que a atividade proporciona. Mas tenha certeza de que qualquer que seja o resultado nós aprenderemos a lição para sempre.

Sempre iremos ouvir as questões básicas do aquarismo: posso colocar este peixe no meu aquário, posso colocálo com plantas ou corais ou outros peixes? E estas questões sempre existirão pelo simples fato de não terem resposta definitiva ainda, a regra em muitos casos não existe. O sucesso obtido em um sistema aquático muitas vezes não será repetido pelo simples fato de estarmos lidando com seres vivos. O que eu posso afirmar hoje é que a regra de ouro do aquarismo é o princípio da estabilidade do sistema que você irá criar, e é por isso que escolhi falar sobre ela no meu primeiro artigo. Para compreendermos o porquê dessa estabilidade devemos entender que todo aquário deve ser uma pequena representação da natureza, e nesse caso, quando falamos pequenas é pequena mesmo (aí está a maior diferença de um aquário para o ambiente natural).

A maioria dos seres vivos aquáticos vive em ambientes extremamente estáveis, os parâmetros que regulam as suas vidas como temperatura, características químicas, movimentação de água, fotoperíodo, ciclos dos radicais livres, zonação e tantos outros são constantes e perpétuos se levado em consideração o tempo total de suas vidas.

Se pararmos para pensar um instante, perceberemos que todos os equipamentos e técnicas que compramos e utilizamos são para um único fim, ou seja, manter estável o clima do nosso aquário e nos aproximar ao máximo das características do ambiente que escolhemos representar dentro dele.

Veremos no comércio inúmeros nomes bonitos para aquários considerados pequenos (Aqua-Cube, Nano-Aquários, Mini-Systems); mas, independente do nome que se dá, a grande verdade é que todos os nossos aquários, de qualquer tamanho, de qualquer formato que já tenhamos construído, sempre serão pequenos comparados à natureza.

Portanto, quando tiver um aquário em casa, saiba que quanto menos interferência e mudanças melhor, que a qualidade na escolha dos equipamentos é fundamental e que a informação para a execução do seu projeto seja de fonte idônea.

No momento da montagem, faça uma viagem através do pensamento e vislumbre a paisagem do ambiente que deseja reproduzir, seja um multicolorido recife de coral do Oceano Índico ou um igarapé amazônico, mas tenha a certeza de que o aquarismo é uma fonte inesgotável de conhecimento, uma matéria multidisciplinar que nos ensina conceitos fundamentais sobre física, química, biologia, matemática, geografia e nos impele a conhecer outras línguas, ou seja, é uma forma fantástica para compreender e respeitar o planeta em que vivemos.

Admin
Admin

Mensagens : 24
Data de inscrição : 12/08/2012
Idade : 37
Localização : Porto Alegre, Brasil

Ver perfil do usuário http://aquafauna.foruns.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum